quinta-feira, 1 de outubro de 2009

cerveja na terra do Leminski


Na foto, Ronaldo Flor e Cabral.


Da esquerda para a direita, René, Washington, Adriana, Cabral e Américo.

A turma do blog está em Curitiba se afogando em cerveja.

De dia, trabalho; de noite, muita bier.

De cara, fomos visitar o nosso amigo Ronaldo Pinto Flor.

Os felicíssimos proprietários Ronaldo e Luciano, da cervejaria Gaudenbier e da Cachaça Flor, abriram as portas do estabelecimento do bairro de Santa Felicidade para uma turma mais sedenta do que os personagens de Gracilianos Ramos em Vidas Secas.

Depois deste mergulho na cerva do Ronaldo e do Luciano, o blog se dirigiu no outro dia para a Cervejaria da Vila, do Alexandre, também parceiro da Gaudenbier.

Lá só tem cerveja artesanal e importada. E das melhores procedências. Cerveja geladíssima, atendimento quentíssimo.

No outro dia, como ninguém é bobo, fomos pré-comemorar o Rio nas Olímpiadas 2016 ao lado da cervejaria Gaudenbier, na Petiscaria do Victor.

Muita música cantada pelo (an)tenor Castanheira e o Cabral, o cara que é imitado pelo Belchior (o ex-sumido) e muita piadas foram os ingredientes servidos entre as centenas de copos de chopes.

Outros grandes anfitriões na terra fria de coração quente: Marcelo, sócio e gerente da Petiscaria do Victor e Marquinhos, proprietário de um dos mais requisitados restaurantes da cidade, o Veneza.

Pé sujo também é cultura: gauden, em latim, significa alegria. Não é por acaso que a cervejaria Gaudenbier localiza-se no bairro Santa Felicidade!!!

Podem ficar com água na boca, pois preferimos a cerveja da terra do imortal Leminski, que prega:

"Esta vida é uma viagem, pena eu estar só de passagem"

Um comentário:

Ana disse...

Ambiente altamente propício para debates... A D O R E I