quinta-feira, 5 de junho de 2014

Não resisto aos botequins....



Quando me perguntam qual música gosto mais da dupla Moacyr Luz e Aldi Blanc fico calado por alguns segundos e respondo que gosto mais desta. 

Como não priorizar uma música que diz "não resisto os botequins mais vagabundos"?

Aqui vai a letra deste samba que me faz, qundo estou num, correr para um pé sujo.

"Se é pra recordar dessa maneira,
sempre causando desprazer,
jogando fora a vida em mais uma bebedeira,
ó, sinceramente, é preferível me esquecer


Eu te prometi mundos e fundos
mas não queria te magoar
Eu não resisto aos botequins mais vagabundos
mas não pretendia te envergonhar


marquei bobeira...

Vi muitas vezes o destino
ir na direção errada
e a bondade virar completo desatino
a carícia se transformando em bofetada


Ah, eu sou rolimã numa ladeira
não tenho o vício da ilusão:
hoje, eu vejo as coisas como são
e estrela é só um incêndio na solidão


Se eu feri teu sonho em pleno vôo
pra que pedir perdão se eu não me perdôo?



Ah, um dia num show, o Moacyr dedicou esta música para o nosso blog. Por que será, hein?, Américo Vermelho? 

2 comentários:

Diretoria do blog disse...

Ele sabe das coisas.....sabe reconhecer um lugar bom de ficar (mesmo que seja um espaço virtual, como o nosso blog)...rsrsr

Diretoria do blog disse...

Ele sabe das coisas.....sabe reconhecer um lugar bom de ficar (mesmo que seja um espaço virtual, como o nosso blog)...rsrsr