domingo, 26 de julho de 2009

Rio de Janeiro, 15 graus, mas o povo ferve


Fim de semana quente na cidade maravilhosa.

Sexta para sábado, festa na mansão dos Vermelhos comemorou o aniversário do Ian, 28 anos de estrada.

A festa era para ser no coreto da Praça São Salvador, mas como a chuva resolveu cair, caímos na casa do Américo.

Muita cerveja de garrafa, uisquinho, piadas, causos, enfim jogamos muita da conversa pra dentro.

Parabéns Ian, você é um puta cara.

Ah, a casa é de fotógrafo, mas não fotografamos nada.

Sábado o samba comeu solto com a Roda da rua do Ouvidor (agora sim tem foto, feita por não fotógrafo).

Gabriel soltou o vozeirão regado com a dupla líquida e certa, cerveja de garrafa e uisque.

A moçada aproveitou para se atualizar na livraria Folha Seca, do Rodrigo (o cara da foto com a camiseta preta atrás da cuíca).

Enquanto isso, na São Salvador, festa julina com direito a pé de moleque, feijão tropeiro, bolo de milho, música regional e, adivinhe, muita cerveja.

No domingo, o chorinho do "Concerta o Meu Coreto" não se fez de rogado.

E assim vamos vivendo em paz.

Relatório consumado, fica para outro dia os detalhes da noite de domingo.

Um comentário:

Ian disse...

Porra, vamos ter que fazer outra só pra aparecer na foto então... e dessa vez na Sansalva.