domingo, 19 de dezembro de 2010

o rio entardeceu cantando





Perfeito Fortuna: um Braguinha junto com o Bragão;
o público que não se cansou de dançar e
um canastrão ao lado da filha de Braguinha, de Vanessa Damasco e da neta do compositor

Braguinha está vivo. No sábado, ele foi visto nos arcos da Lapa. E como estava feliz o nosso João de Barro.
O grande compositor foi visto nos braços da Chiquita Bacana, da loirinha dos olhos claros de cristal, bebendo com a turma do funil e com a princesinha do mar, pulando num pé só com o pirata da perna de pau, provando que a multata é tal.

Braguinha voltou a viver com a gente pelos braços do Perfeito Fortuna e da Vanessa Damasco, na voz de Eduardo Dusek, Pedro Miranda, Soraia Ravenle e Mariana Bernardes e nos instrumentos da Orquestra Sinfônica da Petrobras.
Ele apareceu para dizer que o carnaval está chegando e que, yes, nós temos novamente o concurso de marchinhas da Fundição Progresso.

Coube a nós, meros viventes, nos ajoelharmos depois de muitas cervas geladas e agradecer aos céus, mirando a estrela dalva, pela presença do nosso Braguinha.

Anda Luzia, pega o pandeiro e cai no carnaval....

2 comentários:

Aline disse...

Você é muito fanfarrão em...rs
Na próxima avisa que eu vou beber umas também hihihi

Aline disse...

Você é muito fanfarrão em...rs
Na próxima avisa que eu vou beber umas também hihihi