sexta-feira, 14 de março de 2014

Um casa portuguesa com gentileza e diversidade

O nome é Rotisserie Rio Grande. Mas não é propriamente uma rotisserie, nem é no Rio Grande do Sul e muito menos os donos são franceses e nem italianos. 

Explicamos: os donos são portugueses e o local funciona como restaurante e... rotisserie.

Confuso, não? 
Pode até ser tudo muito estranho, mas a comisa caseira não é de se estranhar. 

A decoração, também, é outro ponto alto da casa. 

Nas paredes, mais de 200 cachecóis de clubes de futebol de todo o mundo. 

O colorido faz com que os clientes fiquem de cabeça erguida o tempo todo, se deleitando com a diversidade de cachecóis. 
De Portugal, logicamente, estão de todos os grandes clubes e de muitos pequenos. 

Adepto do Sporting Lisboa, mesmo sendo a família da vizinhança de Coimbra, Paulinho, conta bem humorado que seus pais são das cidades de Rebordosa e Pé na Cova. 

Verdade, estes são os nomes das cidades dos antepassados do rapaz, que trata toda a clientela como amigos de longa data.
E slguns são, ó pá!

O Rotisserie Rio Grande fica na rua do mesmo nome na Vila Mariana, Capital, quase de esquina com a rua França Pinto.

Vá lá e viaje pelo mundo dos cachecóis de futebol e delicie-se com a ótima comida.  
Paulinho e sua coleção de cachecóis.
Correspondentes do blog em Moema e na Vila Mariana, Moreira e Romano apresentaram a casa para o nosso "pé sujo".





Um comentário:

Football Scarves disse...

Hello Renato, My name is Simon Moses , Israeli football scarves collector. If you would like to exchange , please send me a message to simonmo@netvision.net.il Muito Obrigado , Simon